sábado, 3 de setembro de 2016

Começar por uma enorme loucura



E assim… começo o meu Blog… por vos contar uma loucura! Este post é extenso mas esta aventura assim o merece!
Uma grande loucura que me fez muito feliz e, especialmente, que fez a felicidade de pessoas que adoro!

Vamos recuar mais de um ano… até um dia muito, muito feliz! O dia do casamento do meu irmão e da minha cunhadinha do coração.

O dia foi lindo, os noivos estavam um espanto, a cerimónia foi muito emotiva, o sítio era um charme, a festa foi uma delícia.
Foi um casamento de sonho e o ambiente era de felicidade plena!

Recuando mais ainda, muito antes desse dia, tive um convite… e um desafio… a minha cunhada  convidou-me para fazer o Bolo dos Noivos! Eu fiquei tão honrada, tão orgulhosa e tão contente com o convite que nem hesitei. Claramente sem pensar na enorme responsabilidade, disse imediata e inconscientemente que sim!
Começou a idealização da festa e as ideias foram evoluindo para uma festa descontraída, sem rituais aborrecidos. Percebemos que, nesse contexto, o momento do “tradicional cortar do Bolo dos Noivos” tinha de ser eliminado.

E foi assim que a minha cunhada, visionária e com ideias bestiais, disse - “E se, em vez de um Bolo de Noivos, existissem vários Bolos de Noivos? Os bolos seriam distribuídos, simultaneamente, pela mesa (uma linda mesa corrida) e seriam cortados ao mesmo tempo, pelos noivos e pelos convidados. Sem rituais, sem sorrisos forçados para uma foto com as mãos dos noivos na faca de cortar o bolo. Todos os convidados participariam nesse momento pois teriam um bolinho à sua frente para cortar.”
Eu, achei o máximo e, mais uma vez, completamente inconsciente, disse - “Excelente ideia! Faço vários bolos, todos diferentes, com uma decoração descontraída para condizer com o ambiente.”

Após alguns cálculos, concluímos que seriam 10 bolos, aliás, 11 bolos porque dois convidados faziam anos e teriam um “bolo pequenino” para cantarmos os parabéns.


As duas andávamos histéricas com a ideia. O meu marido e o meu irmão… gozavam, imaginavam desgraças e perguntavam qual era o Plano B? Eles tinham razão… deveria existir um Plano B mas a confiança da minha cunhada em mim e a minha descontração fizeram disto “um projeto sem rede”. Doidas! Completamente doidas! Ai se corria mal…

Pois bem, desta vez, eu tinha mesmo de me organizar! Vou confessar o seguinte… normalmente, quando faço festas cá em casa, não sou daquelas raparigas muito organizadas… às vezes, escrevo umas coisas aqui e acolá mas, depois, a minha organização mental sobrepõe-se à organização escrita e faço tudo com base nas ideias que pairam na minha cabeça e costuma correr bem.

Neste caso, a responsabilidade era enorme e tinha de ser muito mais organizada. Escrevi, num caderninho, as receitas dos bolos que queria fazer, as coberturas, a decoração para cada um, a lista de ingredientes, os pratos onde iriam ser colocados, as formas ideais para aqueles pratos, etc.

Os bolos que escolhi:
O "verdadeiro" Bolo dos Noivos - receita da Torta de Noz
Bolo de Amêndoa (o único repetido - foram feitos dois com esta receita)
Bolo de Chocolate muito fofo
Bolo Colchão de Noiva
Bolo de Limão e Côco
Bolo de Laranja
Pão de Ló
Bolo de Noz
Bolo de Chocolate, Noz e Amêndoa

Elaborei também um plano - todos os bolos por decorar, bem como os frascos com as coberturas (outras duas seriam ainda feitas, no próprio dia do casamento, pelo Chef que fez o evento e que tão gentilmente alinhou nesta loucura) e ainda os adereços de decoração (essencialmente, fruta e flores frescas) seriam transportados, para o local da festa, no dia anterior ao casamento.
E, por falar em coberturas, não posso escrever este post sem mencionar a simpatia e amabilidade da Sandra da Migalha Doce que, sem me conhecer, respondeu às minhas mensagens e dúvidas sobre coberturas com tantas, tantas dicas maravilhosas. Foi uma querida. Porém, com tanta coisa para fazer, não tive tempo de testar, atempadamente, as receitas que a Sandra gentilmente me deu e optei por fazer as coberturas que faço sempre. Mas, claro, tenciono fazê-las ainda. De todo o modo, obrigada querida Sandra!
Pois bem.... a decoração dos bolos seria feita no próprio dia do casamento mas era impossível fazê-la antes da cerimónia (uma rapariga tem de se arranjar, ir ao cabeleireiro, à maquiagem, etc… não tem tempo para isso, ainda para mais sendo madrinha). Por isso, o único momento possível era aquele momento após a cerimónia religiosa, o momento dos aperitivos. Já sei… arriscado! Muito arriscado...

Fui organizada. É certo! Estive sempre descontraída! Sempre! Até à véspera do casamento.
Nesse dia, é que “foram elas”! Confesso, tive um ataque de pânico! Tinha planeado começar a fazer os bolos às 8h da manhã e às 10h ainda não tinha começado! Nesse momento, tive consciência da loucura. Afinal, eram mais de 100 pessoas!!!! Afinal, podia estragar por completo o dia do casamento… porque NÃO havia Plano B!!! Caramba! Os homens tinham razão!!!! Socorro!!!!

Quem me trouxe à terra foi o meu filho. Com a sua calma habitual disse-me que o stress estava todo na minha cabeça e mandou-me literalmente para a cozinha (a palavra certa é mesmo “ordenou”) para começar tudo, naquele preciso momento!

E eu fui… determinada mas cheia de medo. O bloqueio estava só em começar, de facto! A cozinha descontrai-me imenso porque é uma paixão e, à medida que os bolos entravam e saiam do forno, à medida que não acontecia nenhuma desgraça, ficava cada vez mais descontraída.

E assim foi. Após nove horas na cozinha, após terem entrado no meu forno mais de vinte bolos (quase todos os bolos foram feitos em camadas), após ter feito as coberturas, respirei fundo. Não quantifiquei os ingredientes mas lembro-me que utilizei mais de 120 ovos.

No dia do casamento e tal como planeado, enquanto serviam os aperitivos, fugi e meti as mãos na massa. Vesti um avental, feito para a ocasião com Chita de Alcobaça. Idealizado por mim e feito pela minha sogrinha que ficou lindo de morrer! E lá iniciei o desafio - decorar todos os bolos em cerca de hora e meia.
Alguma decoração teve de ser simples e despretensiosa, tive de abandonar algumas ideias que tinha porque não havia mais tempo mas a piada foi essa - improvisar.



Nenhum dos convidados sabia deste plano maluco e inconsciente. Só os daqui de casa, os noivos e as mães dos noivos.

Os bolos foram a sobremesa do jantar. O bolo que seria colocado em frente aos noivos entrou pela minha mão e os outros foram distribuídos, ao mesmo tempo e aleatoriamente, na mesa!



Foi um plano inconsciente e muito arriscado, foi uma loucura completa mas foi feito com muito Amor, e hoje tenho a certeza que, por isso, correu bem!
Os convidados adoraram a ideia, pela surpresa, pela originalidade e, dizem, que os bolos estavam deliciosos… eu não provei todos!

As fantásticas fotos deste post foram tiradas pela talentosa Lara da Yellow Photography. Tenho consciência do enorme risco que corro pois começar um Blog com estas fotos lindas e, nos posts seguintes, colocar fotos tiradas por mim… é um enorme risco mas vamos a isso!























E qual o motivo de começar o Blog por esta história? Em primeiro lugar, porque é algo de que me orgulho, confesso, mas também porque quero partilhar, com vocês, todas as receitas destes bolos, alguns truques, a sua origem (umas receitas são receitas de bloggers portuguesas de culinária que sigo e adoro, outras receitas minhas e outras ainda receitas de família, etc). Achei que seria fantástico começar o Blog por aqui!


A cada um destes bolos será dedicado um post.
Talvez vá intercalar as receitas destes bolos com outras receitas (não podemos andar sempre a comer bolos…). Vamos ver, juntos, o que nos apetece…


Mas, seguidas ou intercaladas, todas as receitas destes bolos serão partilhadas com vocês.

Estas e tantas, tantas mais.
Que este Blog seja uma partilha agradável e que traga tanto prazer, a vocês como a mim.








46 comentários:

  1. Caramba! A explodir de tanto orgulho! Lindo! Que forma linda de começar! Um hino à amizade, cozinha e tudo de bom da vida. Love! Proud! Respect! #girlpower sempre��

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu por todo o incentivo e entusiasmo! Fico muito feliz por teres gostado.

      Eliminar
  2. Amiga fiquei super orgulhosa deste blog. Não duvido que o mesmo será um sucesso pois a tua doçura vai tornar este blog Ainda mais doce. É um novo começo!!!! Amei amei!!! Vou seguir tuas receitas e este lindo blog com muito orgulho. Mil beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bonitas as tuas palavras! Obrigada. Beijinhos

      Eliminar
  3. Parabéns Carla!!!! Desejo-te todo o sucesso do mundo ... tens muito bom gosto e fazes tudo com muito carinho. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Parabéns, Carla! Muitas felicidades para o teu blog!

    ResponderEliminar
  5. Parabéns Carla, partilho da paixão mas sem ter a sua arte. Vamos ter um belo blog. Bjs ana Cunha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, que bom estar aqui. Se partilha da paixão pela cozinha, é o suficiente para ter arte! :) Obrigada. Beijinhos

      Eliminar
  6. Parabéns, Carlinha!!! Estávamos à espera deste teu grande passo! Muitas felicidades para o teu blog, essa grande aventura!!!��

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperavam e tanto me incentivavam! Obrigada, linda! Beijinho

      Eliminar
  7. Parabéns Carla! Vou ser uma seguidora assidua do teu blogue. :-)

    ResponderEliminar
  8. E que delícia de loucura foi esta. Muitos parabéns pelos bolos e pelo arranque do blog. Mil beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tu presenciaste a loucura! :) Obrigada eu pela tua preciosa ajuda na elaboração deste blog! Foste uma querida! Fico muito feliz por teres gostado. Muitos, muitos beijinhos

      Eliminar
  9. E que delícia de loucura foi esta. Muitos parabéns pelos bolos e pelo arranque do blog. Mil beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Muitos parabéns Carlinha!! Fiquei tão feliz com a teu novo projeto! Já o esperávamos há muito e vou segui-lo atentamente;)
    Beijinhos grandes e muito sucesso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vocês estão a estragar-me com tanto mimo! Beijinhos

      Eliminar
  11. Muitos parabéns Carlinha!! Fiquei tão feliz com a teu novo projeto! Já o esperávamos há muito e vou segui-lo atentamente;)
    Beijinhos grandes e muito sucesso!

    ResponderEliminar
  12. O que seria da vida sem uma pitada de loucura, certo? Adorei o artigo e fico à espera dos próximos. Boa sorte para este projeto. Eu já comecei o meu há três anos e nunca pensei que se tornasse uma paixão tão grande. Vais ver :-)
    Beijinhos, Paula

    http://mycommontable.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Paula! Fico tão contente por teres gostado! Adoro o teu blog. É lindo! Beijinhos

      Eliminar
  13. Uma excelente demonstração do que com grande vontade muito se consegue fazer e com isto criar alegria e boa disposição. Muitos parabéns que seja um grande projeto com muito sucesso!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, João pelas palavras e por todo o incentivo que me dás! Beijinhos

      Eliminar
  14. Parabéns, outra vez! Beijinhos e beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Muitos, muitos parabéns Carla! Adoro, está simplesmente fantástico! Estou feliz... reconheço tanta coisa de bem perto. Beijinhos Geni

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Géni. Sim! Tu reconheces muita coisa porque fazes parte da minha vida!💛 Muitos beijinhos

      Eliminar
  16. Parabens Carla!!! Força e continuação de muito sucesso!!! Bjinhos

    ResponderEliminar
  17. Parabéns Carla!
    Muito bom Carla!
    Beijinhos e sucesso!

    ResponderEliminar
  18. Eu fui umas das felizardas de já ter visto estes exmplares ...
    Agora que os vejo associados a toda a história ... Confesso que estou em lágrimas! Uma mistura de sentimentos ...
    Bom sinal!
    Estou orgulhosa por te conhecer e repito que me terás como seguidora para te dar incentivo e força!
    Obrigada também por me fazeres "viajar" nesta história!
    Beijinhos!
    Conta comigo!😍

    ResponderEliminar
  19. Ai... que eu não aguento com tanto elogio! Tão querida! Obrigada, Sónia. Grande Beijinho :)

    ResponderEliminar
  20. Parabéns Carla!
    Todo o sucesso para ti neste novo projeto!
    Bjocas

    ResponderEliminar
  21. Só hoje tive um tempinho para bisbilhotar o teu blog de fio a pavio. Adorei a história, a "loucura" dos bolos de casamento, a referência (no escolher do nome do blog) à minha querida "mãe" Celeste, que me transportou às férias na aldeia com os teus pais, tias, primos e alguns amigos....tempos que não voltam, mas que recordamos sempre com mta saudade. Espero e desejo um enorme sucesso. E certamente acompanharei com mto gosto todos os "posts". Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Clara! Que lindas recordações as suas! E, sim... o tempo passa mas as memórias ficam para sempre no coração!💛 É muito bom saber que vai estar aí... desse lado! Beijinhos

      Eliminar
  22. Adorei a história e a ideia tão mega de vários bolos! Sucesso!

    ResponderEliminar
  23. Que giro. Fiquei cheia de vontade de fazer bolos. Se o Ricardo descobre... Boa sorte e diverte-te, que isso contagia! Beijinho

    ResponderEliminar
  24. 😊 Adoro isso! Tenho recebido mensagens de pessoas que me dizem que nem costumam fazer bolos mas já fizeram as minha receitas e gostaram muito! Algumas até já repetiram! É tão bom contagiar-vos!!! Faz bolinhos e conta-me como foi! 😉😘

    ResponderEliminar
  25. Olá Carlinha, muitos Parabéns!!
    Apesar de ter partilhado comigo tudo o que envolveu este dia tão ESPECIAL, aliás vi-a no dia seguinte 😉...É sempre muito bom ler todo o sentimento que empenha em tudo o que faz!
    Obrigada por nos presentear com as suas receitas, pois será um sucesso para Si e para nós 😄!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Marta! Que bom vê-la por aqui! 😊 Obrigada por estar desse lado e obrigada pelo cálice de Vinho do Porto para acalmar a minha tosse, no dia do casamento!😂😂😂 Grande beijinho

      Eliminar