domingo, 8 de janeiro de 2017

Um Bom Ano e... Panquecas


Passou o Natal, a Passagem de Ano e o Dia de Reis. Parece que a quadra Natalícia terminou.
Foram dias muito bons. Estive com a família, com amigos, a correria do costume mas com o coração cheio. Cozinhei muito… não tanto como nos outros anos mas cozinhei. Fiz muitos “Pães” de Ló, vários Bolos Rei, chocolates, bolos de aniversário e consegui, pela primeira vez, fazer as filhós da minha avó Celeste. Fiquei tão contente e orgulhosa. A minha mãe e as minhas tias adoraram!
Fizemos pequenos almoços demorados e... com panquecas.





E 2017 já chegou. O 2016 não foi meigo mas, mal o ano passou, fiquei surpreendentemente com saudades e com uma certa nostalgia dele.
E, de repente, comecei a pensar em tudo de bom que o ano me deu. Um crescimento e uma descoberta pessoal incrível, de forma dura, mas incrível. Deu-me várias perspectivas da Vida, ensinou-me tanta coisa. Foi bruto mas, se calhar, era a única forma de eu aprender. Manteve, junto de mim, os melhores, o melhor marido, o melhor filho, a melhor família, os melhores amigos. Trouxe-me pessoas novas que sei... vieram para ficar.
Trouxe-me este Blog e todos vocês que estão desse lado.
Desejo-vos um Fantástico Ano Novo. Que façamos dele, um ano especial.


E, agora, uma receita fácil, fácil… panquecas para pequenos almoços, lanches, brunch ou, simplesmente, para fazerem um bolo de panquecas. É só colocarem uma pilha de panquecas e alternar com uns frutos vermelhos ou com o que mais gostarem e fica lindo.
Provavelmente, depois desta receita, não será tão cedo que terão uma receita doce. Gosto tanto de bolinhos mas acho que atingi o limite de doces nesta quadra natalícia. Tencionava partilhar a receita do Bolo Rei mas estou em pleno processo de desintoxicação… até no Blog! E, de certeza, que, nesta altura, ninguém está interessado numa receita de Bolo Rei :)

Ingredientes:
150 gr de farinha (nesta, coloquei só 120 gr e uma banana muito madura)
50 gr de manteiga
50 gr de açúcar
200 gr de leite
2 ovos
1 colher de chá de fermento
pitada de sal

Receita:
Misturar todos os ingredientes com varinha mágica, ou robot de cozinha, ou processador, etc.
Aquecer uma frigideira anti-aderente. Somente no inicio, colocar uma noz de manteiga e colocar um pouco da massa, em forma de círculo. Quando a massa estiver com borbulhas, virar, corar e repetir todo o processo. A temperatura do fogão não deve estar no máximo.
Sirvam com o que mais gostarem. O meu acompanhante preferido é Maple Syrup! Como na foto!






Bom apetite!

4 comentários:

  1. Obrigada minha querida amiga por este fantástico blog e pelas receitas maravilhosas. A tua doçura reflete-se na partilha das mesmas e torna-se viral... pois nestes últimos tempos voltei a fazer doçuras aos fins de semana graças ao teu blog. Obrigada querida amiga por espalhares a tua doçura ❤

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Obrigada eu! Fico muito feliz por isso. Beijinhos

      Eliminar
  2. Obr pela partilha. Um belo ano para ti e para os teus é o meu grande desejo. O nosso não começou da melhor maneira. Um gr susto na saúde da minha mana, mas, se Deus quiser, foi só o susto. É uma delícia ler o que escreves e parabéns pelas filhós da tua avó. Tb são das minhas preferidas. Só suplantadas pelas da minha mãe. Ela tb fazia estas, claro, mas fazia umas outras tb maravilhosas. Um destes dia dou a receita. Jinhos gr para ti e para os teus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um ano muito feliz para todos vocês e as melhoras da irmã. Obrigada pelas palavras. Fico a aguardar essa receita. Beijinhos

      Eliminar